Lenda da porca do dente de ouro

Diz a Lenda da porca do dente de ouro que há muito tempo em Teresina, uma moça namoradeira, danada e desobediente, travara uma terrível briga com a mãe; dando- lhe uma dentada e arrancando um tampo do rosto da velha. Depois disso, a jovem trancou-se no quarto e não queria conversar com ninguém. Ela via apenas a velha mãe.
À meia noite, transformava-se em uma porca velha grande, magra, feia e com um dente grande de ouro. Costumava vagar pelas ruas escuras e subúrbios, como os bairros Mafuá e Cajueiros, isto não quer dizer que também não rodasse Vermelha, Barrocão, Piçarra, Catarina, Ilhotas, Matinha e Matadouros. Percorria tudo. Dizem que ainda hoje, vive trancada no seu quarto saindo apenas à meia-noite na forma bizarra de uma porca enorme e feia com um, dente grande de ouro.